quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Costas felizes para um Feliz Ano Novo

Saudações!!!!

Bem, é nessa época do ano que tomamos resoluçóes, decisões para o Novo Ano que se aproxima.
 
Que tal se cuidar melhor? Se olhar com mais carinho, tomar conta do próprio corpo com o respeito e dedicação que ele merece,  afinal ele é a casa da nossa alma, através do qual podemos existir, nos expressar, nos mostrar para o mundo, viver.

E o eixo, a sustentação central é a nossa coluna vertebral que nos mantêm, nos suporta, que está nas nossas costas.
Minha dica é que você cuide com carinho dela pois como diz Therèse Bertherat no seu excelente livro  "A toca do tigre" da Livraria Martins Fontes Editora Ltda...

"Todos nós temos um tigre no corpo. Um tigre vivo, forte e muito belo. Todos nós, mesmo quem não sabe disso. Ele fica na toca, em lugar certo, mas nos manuais de anatomia só aparece em peças soltas, aos pedaços, irreconhecível. O fato de não conhecê-lo nos causa grande prejuízo: dores nas costas, rigidez e achaques diversos quase sempre têm como único motivo nossa ignorância dessa força que vem de tempos imemoriais."

Especialmente, agora, comprometa-se a se olhar com generosidade, agir com compaixão com você mesmo. Se ame e se pergunte o que é preciso para ter saúde, faça-se essas perguntas de forma simples e se surpreenderá como as respostas são simples. Vale a pena! Te dará a oportunidade de um resgate com seu próprio bem estar.

O mundo estaria melhor se as pessoas estivessem bem consigo mesmas, se realmente se amassem, daí os olhos para os outros seriam mais pacientes e compassivos.
 
Aproveite essa oportunidade para  aliviar a sua dor nas costas e  se mantenha assim.  Para isso se apaixone pelo complexo e maravilhoso instrumento que permite com que você ande, salte, levante, ame  e, especialmente descubra o poder inerente das suas costas, e viva muito melhor!

Estabilize o seu Core, que lhe proporcionará uma boa postura, incentivará um alinhamento saudável dos ossos e curvas da coluna vertebral, e permitirá que os músculos mantenham o seu comprimento normal. Os músculos vivos, elásticos e fortes te darão imenso bem estar!

Você terá uma explicação bem clara sobre o Core e como ele pode te manter sem dor nas costas no post Fique livre de lesões com Core Training.

Um brinde a sua saúde! Rumo a um feliz 2012!!!!!

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

2012 : Conscientização, divulgação e prevenção da ESCOLIOSE

No último post escrevi sobre o real compromisso com a felicidade, mas isso não seria completamente verdadeiro se não incluísse, com propriedade, o Projeto de Conscientização, Divulgação, Prevenção e Ensino da Escoliose. Esse projeto inclui a criação do INSTITUTO da ESCOLIOSE do qual falarei mais detalhadamente em futuros posts.



O que mais me incomoda no que se relaciona a escoliose é a ignorância a seu respeito e o que isso resulta. O sofrimento e a  angústia tanto do portador como de seus familiares podem ser minimizados e/ou evitados, especialmente com apoio e informação.

Nas minhas consultas como fisioterapeuta ouço constantemente relatos das mães e pais apavorados com a notícia que sua filha ou filho tem escoliose idiopática do adolescente e que se o colete ortopédico não funcionar vai precisar de cirurgia. Como assim!!!??????

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

2012 e o real compromisso com a FELICIDADE

Oi amigos queridos!

O que dizer de 2011, além do fato de que passou voando?

Para mim foi um ano de realizações e descobertas; conheci um país que vai ficar para sempre no meu coração, aliás  a palavra mais apropriada é reconheci, pois a Itália e especialmente Florença já estavam na minha vida e estão indelevelmente marcadas nela.

Foi também o ano em que me comprometi definitivamente a tocar o projeto de divulgação e conscientização da importância da Fisioterapia especializada no tratamento da Escoliose.
Quero fazer a diferença na vida de muitas pessoas!

E agora, no último mês do ano tive a oportunidade única de descobrir infinitas possibilidades de realização. Dentro de mim estão todas as chances de fazer tudo, aliás dentro de nós!
Isso aconteceu devido ao Landmark Forum, uma viagem inimaginável, maior, muito mais desafiadora e emocionante que qualquer montanha russa. E nessa viagem estive com pessoas incríveis que me acrescentaram muito e me fizeram ver o quanto o ser humano é maravilhoso e rico.

O meu maior presente para você é te convidar a conhecer e a participar do Forum Landmark.
Vale muuuuuuuuuuuuuuuuuto a pena!!!

Quero compartilhar isso com você que me acompanha e te dizer o quanto agradeço e aprecio sua disposição e dedicação em aprender mais, se informar e se aprimorar constantemente.

Te desejo de todo coração Felizes Festas ao lado de quem ama e que 2012 seja o ano do reencontro com o seu melhor, com a sua real competência, um ano livre de amarras, um ano do presente, do aqui e agora, um ano de atitude  e acima de tudo um ano de compromisso com a sua palavra. Enfim que 2012 seja o ano em que nossas ações, pensamentos e palavras sejam corajosos.

A palavra coragem vem de COR - coração + AGEM - ação = Agir com o coração.

Desde já, desde agora se comprometa a ser e a fazer feliz o maior número possível de seres.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Cursos para o 1º semestre de 2012!

Olá!

Já estamos em Dezembro, último mês do ano, que espero, possa ser de reflexão sobre os acontecimentos e de um tempo para vislumbrarmos com tranquilidade o novo ano que se aproxima.

Nós fisioterapeutas, estamos sempre nos reclicando, procurando formas de aprimorar a qualidade do nosso atendimento. Podemos fazer isso por meio de leitura, de troca de informações com colegas e de cursos. 

Me considero uma pessoa de muita sorte, pois ao longo da minha carreira tive a chance de encontrar pessoas maravilhosas que ampliaram meus horizontes, professores que iluminaram trajetos por onde pude caminhar. Desde então compartilho com vocês um "mapa"que surgiu dessas experiências associadas a muita prática clínica com bons resultados. Esse "mapa" é constituído dos cursos que ofereço a vocês a mais de 12 anos e tem a função de facilitar as rotas, de tornar o caminho da prática profissional mais fácil e eficiente.

Então, aproveito para apresentar a agenda de cursos para o 1º semestre de 2012!

Em Janeiro a 2ª edicão do curso: "Tratando a escoliose: uma visão contemporânea"

Em Fevereiro, a  VI edicão do curso:"Core Training aplicado a Fisioterapia"

No início de Março, o INÉDITO: "Workshop do Psoas

No fim de Março e Abril a 2ª edição do : "Avaliação fisioterapêutica - da teoria a prática", que é o reflexo do sucesso que tivemos ao lançar esse curso que inovou ao correlacionar  os conceitos de avaliação estática, transicional e dinâmica.

Ainda não defini a data, mas em breve estarei colocando para vocês a reedição do "RPA - Reestruturação Postural Ativa" que a pedido de muitos que já fizeram [afinal são mais de 20 edições!!!]  virá com boas novidades!!!!

Como estão vendo 2012 estará a mil!!!!

 Espero que aproveitem!!!!

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Psoas, desvendando seus segredos I - workshop

O psoas ilíaco é um dos músculos mais poderosos do corpo humano. É o único músculo que liga a coluna aos membros inferiores. (Infelizmente a obsessão atual com os abdominais superficiais, afeta-o decisivamente). Tem extrema relevância na biomecânica do complexo lombo-pélvico-quadril, além de influenciar decisivamente no nosso bem estar, através de sua inervação autônoma (via nervo vago).  Qualquer problema neste músculo pode ter consequências graves.
   
Embora na área biomédica não haja 100% de envolvimento de estruturas em determinadas lesões e patologias, posso afirmar contundentemente que o Psoas está 110% envolvido nas disfunções do complexo lombo-pélvico-quadril.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Debate sobre ESCOLIOSE na Rádio Roquete Pinto

Ontem, dia 22 de Novembro, tive a honra e a felicidade de participar do debate sobre escoliose na Radio Roquete Pinto - programa Painel em Debate.

É sempre muito bom poder ajudar a divulgar um assunto ainda desconhecido por tantos. 

O debate se tornou um encontro prazeroso - entre a Julia Barroso, que lançou a pouco tempo seu ótimo livro "A menina da coluna torta" [indispensável para quem quer conhecer a escoliose sob a ótica do portador, além de ser muito gostoso de ler], o ortopedista e cirurgião especializado em Escoliose, Dr Arthur Azevedo e eu, fisioterapeuta especialista em Escoliose - e reforçou a ideia do valor do entendimento, da compreensão mútua entre profissionais da área de saúde e pacientes. Além disso quando todos os envolvidos falam a mesma linguagem, surge uma afinidade de pensamentos que permite com que um assunto tão complexo seja entendido por muitos. 

sábado, 19 de novembro de 2011

Uma palestra e uma imensa alegria!

    Quero compartilhar com vocês a minha alegria por ter participado do curso Reestruturação Articular - Bandagem Terapêutica + Mobilização Articular - ministrado por Bernardo Bueno Pinheiro, que está sendo realizado hoje, dia 19 e amanhã dia 20 de Novembro.

    Ao chegar lá, fiquei muito feliz por rever ex-alunos de graduação, além de ter a imenso prazer de testemunhar que um ex-aluno, hoje colega, está dando continuidade ao empenho e a dedicação pela Fisioterapia. O Bernardo me convidou para falar da ajudar a propagar a perspectiva de uma Fisioterapia INTEGRAL. 

    Integral , global porque o movimento para existir envolve todos os sistemas do corpo humano e todas as estruturas são interligadas e interdependentes.

    sexta-feira, 11 de novembro de 2011

    A menina da coluna torta - o livro

    Esse livro nos revela uma história real, inspiradora, emocionante e com a capacidade de nos fazer  absorvê-la de um fôlego só.

    Foi assim comigo! Comprei ontem, no lançamento, aliás um encontro muito simpático, carinhoso e animado, e já chegando em casa comecei a ler. Foi difícil parar, pois tinha que dormir, mas hoje, depois de algumas lágrimas - há trechos que emocionam para valer - concluí essa tarefa que foi muito gratificante.

    Avaliação fisioterapêutica : questão de ponto de vista?

    Como já tenho postado, a avaliação fisioterapêutica gera muitos questionamentos, incertezas e discussões.

    Pensando sobre esse assunto me veio uma imagem na mente; a de uma visão limitada, voltada para uma parte e não para o todo. A visão que temos ao avaliar os segmentos separadamente.

    Observe a imagem...
     
    O que parece? Uma ponte para lugar nenhum?

    segunda-feira, 7 de novembro de 2011

    SUPERAR para VENCER !!!



              Essa é para todas as meninas e meninos (pena não termos um Ken), que têm que usar colete.

    ENFRENTAR e SUPERAR  para VENCER!

            O colete, quando indicado é fundamental para o resultado positivo do tratamento da escoliose. 

         Dei algumas dicas nos posts: Escoliose : usar colete... I e II .


    Compartilhei essa super imagem da página do Facebook : Movimentando Pensamentos

    sábado, 5 de novembro de 2011

    Lançamento do livro : A menina da coluna torta

    Meus queridos e minhas queridas é com muita honra e prazer que venho convidá-los a participar do lançamento do livro escrito pela minha querida Julia Barroso : A menina da coluna torta.

    É uma história real de quem viveu todas as angústias próprias de quem sofre de uma patologia ainda desconhecida e negligenciada pelo sistema de saúde do nosso país.

    Estamos em um projeto para a conscientização e divulgação da escoliose no Brasil.
    Ela, por conhecer o lado do paciente, eu do lado de quem cuida -fisioterapeuta especializada - mas sofre por não poder fazer mais devido, principalmente, à falta de entrosamento entre os profissionais da área de saúde.

    quarta-feira, 2 de novembro de 2011

    Por uma fisioterapia mais consciente

    Quero contar uma novidade!

    Tive o imenso prazer de ser chamada para participar do curso  Reestruturação Articular - Bandagem Terapêutica + Mobilização Articular - ministrado por Bernardo Bueno Pinheiro, que será realizado nos dias 19 e 20 de novembro próximos.

    A minha participação tem por finalidade reforçar e difundir o conceito de funcionalidade, compartilhado por nós.


    O que é funcionalidade? De forma simples, é o que nos permite efetuar os movimentos da melhor maneira possível.

    A funcionalidade, então, está diretamente relacionada com a Fisioterapia. Porém apesar disso o que vivenciamos na prática da avaliação e tratamento fisioterapêuticos não espelha isso; ao contrário, a visão é compartimentada, segmentada, o que leva a erros de interpretação e ação.

    O Sistema de Movimento Humano trabalha de forma integrada , com todos os seus componentes interconectados e interdependentes.

    Outro ponto é que nós fisioterapeutas, tratamos a disfunção de movimento, baseados no diagnóstico cinesiológico funcional, não no diagnóstico clínico.

    Nesse curso você terá a oportunidade de entender e praticar isso.
    Para maiores informações clique aqui.

    Até lá!

    terça-feira, 25 de outubro de 2011

    Apresentando mudanças...

    Estou reformatando o Blog para que você navegue com mais facilidade no seu conteúdo, afinal o meu objetivo é prover de dados e informações sobre a fisioterapia e tudo o que possa levar ao seu bem estar.

    Precisei localizar posts para fonte de referência aos alunos do curso de "Avaliação Fisioterapêutica - da Teoria a Prática - que estará acontecendo no próximo fim de semana, e percebi que o Blog poderia estar mais organizado.

    Entre os posts estão:










    Quando agrupados, demonstram o meu modo de pensar e agir na fisioterapia. Não se trata apenas de falar sobre a globalidade, mas vivenciá-la, consciente de que todas as estruturas corporais são interconectadas e interdependentes. Além disso, o ser humano foi feito para se manter em movimento e devemos olhar não apenas para a estrutura afetada mas para o ser humano que está a nossa frente.

    Podem estar certos que sempre estarei fazendo o meu melhor para vocês!

    Para me ajudar, é fundamental que vocês façam comentários, me dêem sua opinião.

    Espero que esteja mais simples e rápido navegar por aqui.

    Um super abraço!

    domingo, 23 de outubro de 2011

    TOP BLOG 2011 - Estamos na final!!!


    Este ano, como no ano passado, devido ao apoio de todos vocês, passamos para as finais do TOP BLOG 2011!

    Ano passado ficamos atrás de 2 Blogs de saúde em geral, ou seja, com muitos colaboradores e patrocínio.
    A gente, na realidade só conta com o nosso tempo e dedicação.

    Para chegarmos na final precisamos que continuem votando, clique no banner TOP

    A Fisioterapia tem que chegar lá!!!!

    quarta-feira, 19 de outubro de 2011

    Anatomia funcional - O que você sabe?

    O curso de Avaliação Fisioterapêutica está próximo de acontecer, pensando nisso resolvi colocar uma questão  sobre anatomia funcional que é imprescindível no processo de nossa avaliação.

    Vamos a ela:
    Que músculo desacelera excentricamente a dorsi-flexão do tornozelo, rotação interna da perna e flexão de joelho?
    (  ) gastrocnêmio medial
    (  ) gastrocnêmnio lateral
    (  ) poplíteo
    (  ) tibial anterior 



    Para conferir a resposta

    sexta-feira, 14 de outubro de 2011

    Contrair o Transverso do abdômen (TA): você realmente é capaz?





    No post do dia 12 de Maio de 2010, evidenciei a importância do músculo TA e seus inúmeros benefícios.
    Nunca será demais lembrar seu papel fundamental tanto na prevenção e tratamento da dor nas costas, dos MAP- músculos do Assoalho Pélvico - como nos programas de fortalecimento do Core - Core Training - ou no Treinamento Funcional no Fitness, assim como no tratamento da escoliose.

    É  dispensável constatar  que não é nada fácil contraí-lo corretamente.

    Lembram-se que falei que ele está situado mais profundamente? E que quando sugerimos a sua contração, na grande maioria das vezes, observamos o recrutamento muscular equivocado, como na foto animada do post do dia 12?

    Se você tentou, mas teve dificuldade em perceber se fez a contração de forma correta, não está sozinho, então aqui vai mais uma dica:
     

    terça-feira, 11 de outubro de 2011

    Dia do Fisioterapeuta! Viva o nosso Dia!!!!

    O que falar desse dia que representa tanto para mim?

    Ter escolhido essa profissão após a Educação Física e a canoagem (como atleta e professora) me deu tantas alegrias que não conseguiria enumerar nem os motivos, nem as vezes em que me senti feliz por tal decisão.

    É verdade que ser fisioterapeuta exige dedicação, coragem, determinação, muita entrega, muito estudo, atualização constante, energia, saber lidar com o sofrimento alheio sem se deixar levar nem pela frieza, nem pelo envolvimento demasiado que nos tire a objetividade, é se sentir na corda bamba, ou se deixar levar como um trapezista ... Ufa!!!  Parece muito, mas não é nada diante de uma expressão genuína de agradecimento, por um sofrimento diminuído, por um movimento reabilitado, por uma atividade restabelecida, por uma redescoberta de si próprio!

    É mágico, é envolvente, é tudo de bom e mais um pouco...

    Para todos vocês que foram um dia meus pacientes, para os que são agora, para meus ex-alunos, para os atuais, para tantos queridos colegas e para todos os que conjugam comigo o verbo "Fisioterapeutear"! Um Super VIVA!!!!!!!

    E citando Regina Figueirôa:

    "Brindemos todos juntos... por todos aqueles que justificam a nossa existência profissional... por uma atuação pautada pela ética e responsabilidade social... pela dignidade e credibilidade das nossas profissões... por um PROFISSIONAL que seja capaz de... se sensibilizar perante a dor e sofrimento alheios.... defender o direito à vida e a dignidade das pessoas... assumir uma atuação independente, livre de ingerências... denunciar as distorções e as arbitrariedades corporativistas... lutar pela valorização da profissão.... fortalecer suas entidades de classe.... que seja capaz de recompor suas energias para prosperar em sua missão e viver feliz todos os seus dias!!!"

    FELIZ DIA DO FISIOTERAPEUTA E DO TERAPEUTA OCUPACIONAL!

    Para todas as crianças...

    Amanhã, dia 12 de Outubro, é o dia das crianças.

    Quero muito brindar a todas as crianças que nos ensinam através de sua pureza, da sua alegria, das suas brincadeiras e da sua infindável criatividade.

    Quero também comemorar e poder reviver a criança que fica por vezes adormecida em nós!

    Sempre que isso acontece nós perdemos a abrangência da vida, de tudo o que podemos aproveitar dela.

    Aqui vai um alô especial às crianças que precisam mais de nossa atenção e carinho e também àquelas que nos dão belas lições de como é viver plenamente a vida apesar das deficiências.

    Um super, hiper, ultra DIA das CRIANÇAS para todos nós!

    quinta-feira, 6 de outubro de 2011

    Escoliose : Usar colete pode ser mais fácil do que se imagina... parte II

    Diante das dificuldades e repúdio inerentes ao uso do colete no tratamento da escoliose decidi fazer uma campanha de conscientização.

    Apesar do desconforto físico e emocional atribuído a ele como mostrado no post de mesmo título ... parte I, quando o seu uso é indicado é indispensável que tudo seja feito para assegurar esse uso, sob o risco de comprometer o resultado do tratamento, que pode significar o aumento ou piora da curva escoliótica.

    Para isso estou trazendo mais dicas para facilitar o uso do colete.

    Você sabe que existem exercícios específicos na fisioterapia que atuam na sua adaptação e portanto maior aceitação?

    - ao se decidir que será preciso seu uso, fisioterapeutas especializados em tratamento de escoliose têm como ferramenta, exercícios que preparam o corpo para utilizar o colete. Mobilização, conscientização e adaptação são os principais objetivos nessa fase;

    2º- durante seu uso há exercícios que, por serem específicos, se dirigirão aos músculos e aos padrões de movimento e postura na direção da correção, sempre levando em conta a tridimensionalidade.
    Esses exercícios também tornarão mais viável o uso do colete, capacitando a fuga dos pontos de pressão, com isso proporcionando mais conforto, além de trabalhar  a função respiratória;

    3º- na época da retirada do colete, os exercícios atuarão no sentido de prevenir a perda da correção que normalmente ocorre nessa fase, pois os musculos posturais estão fortalecidos, devidamente trabalhados.

    Podemos concluir que apesar do fato de ainda ser desconhecida , a atuação da fisioterapia especializada é indispensável no tratamento conservador (não cirúrgico) da escoliose, especialmente na presença do colete ortopédico.

    Atualmente o maior impedimento para a sua utilização é o desconhecimento por parte dos médicos, que, por isso, não indicam a fisioterapia que é, sem dúvida alguma, uma poderosa aliada no processo  desse tratamento.
    Nós fisioterapeutas temos, então, a missão de nos fazer conhecidos pelos médicos para que possamos formar uma equipe coesa que trabalhe para assegurar  o objetivo comum: a eficácia e o sucesso do tratamento da escoliose. Para isso temos que nos comprometer, estar devidamente preparados e apresentar fundamentação científica, que baseie nossas atuações e se reflitam nos nossos resultados.

    Por enquanto essa é uma vontade férrea, mas estou fazendo e farei tudo a meu alcance para que, muito em breve, esse tão sonhado trabalho multidisciplinar, se torne realidade.

    Vamos nessa!!!!

    Em breve, mais um post dessa sequencia com Blogs úteis e super legais para vocês!

    segunda-feira, 3 de outubro de 2011

    Avaliação fisioterapêutica e diagnóstico cinesiológico-funcional

    Da  avaliação fisioterapêutica surge o diagnóstico cinesiológico-funcional.

    Para quem não sabe, cinesiológico significa estudo do movimento. Cine = movimento e logo = estudo.

    Aproveito a oportunidade para mais uma vez esclarecer que há diferença entre diagnóstico realizado pelo médico e o diagnóstico realizado pelo fisioterapeuta.

    "Existe uma diferença entre o diagnóstico médico e o diagnóstico fisioterapêutico. Não no processo em si – é o mesmo em ambos os casos – mas nos fenômenos que estão sendo observados e classificados. O fisioterapeuta não identifica a doença no sentido da patologia básica, mas grupos de sinais e sintomas relacionados a comportamentos motores e limitações funcionais físicas do paciente. Desta forma, o diagnóstico médico encaminhado ao fisioterapeuta não fornece esclarecimentos suficientes para fundamentar o processo de tratamento.

    A essência da fisioterapia é a restauração da função do movimento e da postura e a natureza dos fenômenos envolvidos na disfunção do movimento e da postura é que constitui o foco da intervenção do fisioterapeuta e o esquema de classificação diagnóstica. Enquanto o médico trata de uma questão patológica básica fundamental e primária, o diagnóstico do fisioterapeuta está ligado a função."
                                                           Fonte: terapia do movimento

    Nós fisioterapeutas então vamos verificar o grau de comprometimento que a lesão imprime ao movimento.

    Para facilitar essa compreensão, vamos a um exemplo:

    Um paciente chega com queixa de dor no joelho e diagnóstico de tendinite. 
    Esse diagnóstico é feito pelo médico que o encaminha para a fisioterapia. Pois bem,  nós fisioterapeutas iremos avaliar o quanto essa tendinite está afetando a capacidade de movimento - a função - desse paciente. Isso sem falar que antes devemos nos certificar se estamos diante de uma tendinite ou de uma tendinose.
    O ideal é que a a nossa avaliação compreenda a estrutura em si, no caso o tendão, a estrutura do joelho, pelo menos as duas articulações adjacentes, ou seja, quadril e tornozelo, a postura do joelho, a postura corporal na estática e na dinâmica.

    Temos que ter em mente que uma dor faz com que o corpo se adapte para continuar em movimento e assuma uma postura diferente que é denominada antálgica

    Quanto mais tempo a pessoa ficar com a dor, maior será o número de estruturas comprometidas.

    No meu curso falo muito sobre isso. 
    Meus anos de prática clínica demonstraram que temos que ir atrás de pistas que nos levem a desvendar o mistério do efeito em cascata que ocorre após uma lesão.
    Muitas vezes temos que atuar em áreas distantes da região afetada para alcançarmos sucesso no tratamento.

    Lembro mais uma vez que dificilmente o problema se atem a afetar apenas uma área do corpo. No exemplo dado, a lesão do joelho pode afetar outras estruturas ou mesmo  pode ter ocorrido por um desarranjo postural. (Principalmente se a tendinite/tendinose não resultou de trauma direto, mas por microtraumas de repetição.) No corpo humano todas as estruturas são interconectadas e interdependentes.

    Nas figuras podemos fazer um paralelo:

    Se uma postura estática (acima) nos revela uma alteração da posição normal dos joelhos, devemos verificar se o mesmo ocorre em movimento. No exemplo ao lado temos o agachamento que é um movimento que repetimos várias vezes ao longo das nossas vidas, como por exemplo, quando sentamos e levantamos de uma cadeira.

    Esse padrão incorreto pode, ao longo do tempo, desgastar as articulações devido ao desequilíbrio de tensões que agem sobre elas. E sabemos que não se limita aos joelhos mas influencia todo o corpo.

    Espero ter contribuído para esclarecer a diferença entre o diagnóstico clínico e o diagnóstico cinesiológico-funcional.

    A avaliação fisioterapêutica é fundamental e indispensável no processo de recuperação de uma lesão musculo-esquelética!

    sexta-feira, 30 de setembro de 2011

    Porque montei um curso de avaliação fisioterapêutica

    A avaliação é como um mapa de tesouro. Nos leva ao nosso alvo, evitando que possamos cair em armadilhas ou que sejamos desviados do nosso caminho. 

    A avaliação fisioterapêutica é o ponto que desperta mais dúvidas no início da prática profissional.
        
    Na época em que atuava como supervisora de estágio, meus alunos já me pediam para montar um curso de avaliação.

    Já se passaram 9 anos; demorei pois queria montar um curso que acrescentasse algo de utilidade   imediata, que é a marca de meus cursos. 
    Tenho sempre o cuidado de aliar o enfoque pedagógico à preocupação de tornar a prática mais precisa com informações  fortemente embasadas na ciência. 

    Depois de todo esse tempo de intenso atendimento clínico, mais o ensino universitário por 10 anos, acrescidos à formação continuada,  venho trazer esse curso que conta com informações valiosas.

    Nós fisioterapeutas devemos ter o nosso raciocínio voltado para a complexidade do Sistema de Movimento Humano.
    Ao utilizarmos ferramentas que nos permitam avaliar os padrões de movimento, associando com as técnicas convencionais de avaliação, alcançaremos um melhor entendimento da função comprometida.
    Utilizando e empregando esse paradigma criamos uma abordagem consistente para tratar a disfunção músculo-esquelética.
    Além disso a pesquisa tem revelado que a observação do movimento humano pode e deve ser usada para o desenvolvimento de estratégias de prevenção de lesões.
    É a tomada da terapêutica integrada, da convergência de várias informações com objetivo maior: restabelecimento da função perdida.

    Por fim, é ótimo apreveitar a oportunidade - já que estamos na época da votação do Ato Médico - para falar da distinção entre diagnóstico clínico que deve ser feito pelo médico e o físico-funcional, pelo fisioterapeuta. (nesse link você encontra esse esclarecimento)
    As profissões são diferenciadas pois suas atuações são diferenciadas! Cada um na sua área de atuação e todos em prol de um bem maior : o melhor atendimento ao nosso paciente.
    Esse paciente precisa que todos nós, de diferentes profissões da área biomédica, trabalhemos em conjunto.

    Obs/ Estamos entrando em Outubro, mês do módulo I do curso e restam poucas vagas.

    domingo, 25 de setembro de 2011

    Escoliose : Usar colete pode ser mais fácil do que se imagina... I

    Nós que estamos envolvidos com a escoliose, de alguma maneira, sabemos que o uso do colete ortopédico apresenta suas dificuldades. Geralmente é associado a sofrimento e desconforto tanto físico quanto emocional.
    Quanto à questão emocional vai desde o se sentir diferente, alvo dos olhares alheios, ou ainda ser ridicularizado por colegas, no meio social que frequentam quando recebem apelidos e são motivo de brincadeiras de mau gosto.
    Ao longo dos anos como fisioterapeuta tratando de escoliose percebi o quanto pode ser difícil, tanto para quem o usa como para seus pais e familiares, porém há pessoas que enfrentam esse problema de forma mais positiva.
    Foi com imenso prazer que encontrei o Blog da Moarah, uma adolescente, ela mesma portadora de escoliose, que divide conosco suas experiências com o uso do colete, intitulado : Uso colete Milwaukee  .
    Ela com 12 anos nos transmite uma surpreendente maturidade.
    Compreende a importância da utilização do colete para o sucesso do tratamento de sua escoliose.
    Como pessoa fico encantada e como profissional de fisioterapia fico muito, muito feliz e realizada por 2 motivos:
    1º pelo fato dela se dedicar a ajudar outros a aceitarem o uso do colete , facilita a vida de muitos deixando o fardo que poderia ser pesado demais, mais leve, mais fácil de levar;
    2º como ela entende a importância da associação dos tratamentos, o ortopédico representado pelo colete e o fisioterápico representado, no caso dela, pelo RPG - Reeducação Postural Global - é porta-voz de boas notícias: a de que o tratamento correto pode ser eficaz. Pode-se alcançar resultados realmente bons se as medidas necessárias forem tomadas a tempo e se o tratamento for corretamente indicado e posto em prática.
    Além disso, no seu blog ela dá dicas de como se vestir, apanhar objetos no chão, nos mostra como se faz o colete, enfim dá dicas super úteis que se convertem num suporte fundamental.
    E, no seu último post, nos conta sobre a melhora de 10 graus na sua curvatura, incontestável mesmo para os mais incrédulos no valor da fisioterapia especializada no tratamento de uma patologia tão desafiadora como a escoliose.
    A Moarah é muito especial e sou sua fã!
    Se você tem escoliose ou conhece alguém que usa colete ou vai ter que usar, saiba que há muito o que se fazer para facilitar esse momento e torná-lo mais agradável. 
    Eu nunca vou desistir de tentar ajudar.
    Vamos juntos nessa jornada que pode nos trazer muitas alegrias e realizações.

    sábado, 10 de setembro de 2011

    Fisioterapia é F U N D A M E N T A L !!!

    Natália Runco, fisioterapeuta de Ricardo Gomes
    (Foto: Rafael Cavalieri/Globoesporte.com)
    Hoje, ao me deparar com a matéria: "Fisioterapia ganha papel fundamental na recuperação de Ricardo Gomes" no globoesporte.com , me senti feliz e honrada por ser fisioterapeuta.

    E, sinceramente aliviada após a infeliz colocação de um autor de novela que demonstrou com seu comportamento, além da óbvia ignorância, uma inaceitável soberba.

    Essa é a melhor resposta que se pode dar.

    Com isso, me vi na responsabilidade de trazer essa emocionante e bela matéria. Quanto mais pessoas conhecerem a abrangência e as diversas áreas de atuação da fisioterapia, mais essa nobre profissão terá a chance de atingir o patamar de reconhecimento que merece.
    Como a minha fé e o meu amor pela fisioterapia crescem e se cristalizam a cada dia venho com imenso prazer compartilhar essa notícia com vocês.

    Quando os profissionais de saúde agem em equipe, cada um na sua área de conhecimento e atuação específicos, o maior beneficiado, sem dúvida alguma, é o paciente, aquele que nos deposita toda a sua confiança.

    Leia!!! Vale muito a pena!!!
    Clique no link abaixo:

    Natália Runco coordena equipe que realiza sessões diárias no treinador.

    P A R A B É N S  Natália!!!!  

    sexta-feira, 9 de setembro de 2011

    Escoliose e Core Training aplicado a Fisioterapia

    A escoliose é angustiante e afeta a auto-estima. No entanto, muito pode ser feito para ajudar; o que realmente importa é escolher o caminho certo para você. Além disso, é bem mais comum do que você pensa, apesar de eu reconhecer que é difícil encontrar alguém com ela quando você está no   shopping ou mesmo no seu colégio.
    Novas idéias estão surgindo o tempo todo, novos tipos de colete e novas alternativas de terapia. Investigue todos antes de se decidir sobre a cirurgia. Com isso não estou dizendo o quê fazer ou não fazer, apenas creio que é extremamente importante saber dos tratamentos em vigor, claro que os abalizados e respaldados cientificamente e, que acima de tudo, apresentem resultados e proporcionem bem estar.

    Então, exercite-se! Além dos exercícios fisioterápicos específicos (cinesioterapia própria para a escoliose),    

    sábado, 3 de setembro de 2011

    Escoliose, muito além do colete e da cirurgia...

    Muitos sabem do meu amor,  compromisso e dedicação pelo tratamento da escoliose.

    Esse ano tive a chance de conhecer pessoalmente o ISICO em Milão, um instituto que se dedica ao estudo, pesquisa e tratamento conservador da escoliose.
    Para quem não sabe, conservador se refere ao não cirúrgico.

    Hoje, quando procuramos por informações parece que só encontramos indicações para cirurgia e colete.

    O que constatei na pesquisa e infelizmente constato no meu dia-a-dia, é a falta de comunicação entre os profissionais de saúde.

    Precisamos mais do que nunca de uma ação interdisciplinar, aonde o médico, o fisioterapeuta, o técnico do colete e o psicólogo "falem" o mesmo idioma, agindo em prol do bem estar e melhor tratamento para o paciente de escoliose.

    Antes de mais nada temos que agir com responsabilidade e acima de tudo munidos de conhecimento técnico. Sendo assim o que interessa saber é que podemos e devemos agir nas escolioses menores; não devemos esperar que elas crescam muito pois daí diminuímos as chances de bons resultados.

    Para transformar essa realidade devemos:

    #  efetivar a avaliação nas escolas. O teste é simples, como se pode ver no post Escoliose, o maior dos desafios , e extremamente importante;
    # reunir grupos de portadores de escoliose para trocas de informações e vivências, assim a sensação de isolamento não permanece; 
    # atuar em equipe de saúde, todos igualmente importantes em suas atribuições;
    # fazer da família do paciente um aliado verdadeiro aliado, o que é essencial para o sucesso do tratamento;
    # informar a essa família que, quando indicado, o colete deve ser usado conforme a especificação médica. O uso do colete é motivo de rejeição, que a meu ver, pode ser contornada com educação, paciência e muito carinho, além das trocas de experiências dos grupos de apoio citados acima;
    # nós da saúde temos por obrigação nos manter informados do que se faz pelo mundo para o que o tratamento da escoliose fique além de mais eficiente e seguro, mais agradável, tornando a fase do tratamento que pode acompanhar toda a fase de crescimento , o menos sofrida possível.

    Talvez essa lista aumente, então devemos estar prontos para nos adaptar.

    Posso afirmar que não há sentimento melhor e mais profundo  que a realização de um tratamento bem sucedido. Vale uma lida no: Escoliose... e um final feliz .

    Depois de anos de atendimento e muitos casos de sucesso tenho certeza de estar trilhando um caminho certo. Mais do que nunca defendo o tratamento fisioterapêtico especializado associado ao tratamento ortopédico.
    Tenho acesso a estudos científicos corroborando que se a escoliose para ser tratada exigir a utilização de colete deve obrigatorimente ser acompanhada por tratamento fisioterápico.

    Por fim, mas não menos importante, devemos estar com nossos corações abertos e preparados para entender como o paciente vê o seu problema.  Essa compreensão nos lembra que somos humanos e como tal devemos nos comportar.

    Me parece que quando as energias se dirigem a um objetivo, aceleram o curso natural das coisas.

    Ultimamente muitas novidades e boas surpresas vêm surgindo!

    Em breve estarei com boas notícias para vocês!!!!

    Nunca percam a esperança, nesse momento há muitas pessoas pensando e agindo para que soluções sejam encontradas. Por mais complexos que sejam os problemas eles têm solução!

    Vamos a ela!!!!!

    terça-feira, 30 de agosto de 2011

    Escoliose e ... muito mais do que um curso.

    Esse fim de semana foi maravilhoso!

    Ensinar é uma das atividades que mais amo. Todas as vezes que leciono algo mágico acontece.

    Mas nesses dias aconteceu algo a mais. 

    Contamos com participações para lá de especiais: Claudia Franco Neto, Julia Barroso, do Blog "A menina da coluna torta" ,  Elaine Barcelos, do post Escoliose e um final feliz,  Luana Lobo da Formiguinha Chic e os demais participantes, todos essenciais ao sucesso do encontro, mas que sob pena de deixar o texto muito longo não estão denominados.

    Com elas aprendemos sobre o valor da amizade, as consequências de não ter tido a chance de conhecer a fisioterapia, as de ter, e como isso influenciou sua convivência com a escoliose, além de perceber que coffee breaks podem ser muito mais especiais do que se imagina... E constatei que, cada vez que almejo ensinar,  sou eu a pessoa que mais aprende.

    A todos os participantes minha imensa gratidão!

    Entendemos também que temos um compromisso: o de divulgar a escoliose. Quanto mais conhecida, menos temida ela ficará e menos preconceito a cercará.

    A informação tem o poder de abrir as mentes e os corações para uma realidade ainda dura no Brasil, a da falta de estrutura para o atendimento apropriado às pessoas portadoras de escoliose. 

    Esse encontro foi especial porque nele plantamos uma semente.

    É, como meu marido diz : quando pensamos em uma rosa, apesar de seu cabo um pouco torto e com espinhos, o que nos vem a mente é a flor, que desabrochada, nos presenteia com seu perfume e sua cor...


    segunda-feira, 29 de agosto de 2011

    De salto alto...

    De salto alto... é uma expressão utilizada no futebol que significa entrar em jogo com soberba, subestimando o adversário e também é o alvo dos desejos de muitas mulheres, ou seja, o calçado que deixa o calcanhar de quem o usa significativamente mais elevado do que seus dedos.

    O salto alto é um artigo indispensável no guarda-roupas feminino. Aliás,não seria estranho para uma mulher ocidental não tem um único par de sapatos de salto alto? É como uma regra escondida no reino da moda. A palavra chave é moda e não necessariamente a função. As mulheres suportam o desconforto (ou seja, a falta de função) para colher os benefícios da aparência (moda, por exemplo). Os efeitos nocivos dos saltos altos são constantemente verificados por cirurgiões ortopédicos e fisioterapeutas. O consenso geral é que existem perigos que estão associados ao uso de sapatos de salto alto. Felizmente, existem maneiras de evitar certos perigos e consequências advindos de sua utilização.
    Ele exerce fascínio e já foi objeto de atenção de pessoas como Marilyn Monroe que chegou a afirmar: "Eu não sei quem inventou o salto alto, mas todas as mulheres devem-lhe muito."
       
    Quem inventou?

    Para realçar as pernas do rei e deixá-las mais delgadas, o estilista da corte desenhou sapatos com uma elevação nos calcanhares. Estava inventado o salto alto!

    Que rei foi esse????!!!

    quarta-feira, 24 de agosto de 2011

    A Formiguinha Chic , uma novidade deliciosa...

    Nosso curso Tratando a escoliose - uma visão contemporânea vai contar com a preciosa e deliciosa colaboração da Formiguinha Chic.

    Minha querida Luana vai nos brindar com seus Cupcakes para lá de especiais.

    Esse curso está recebendo colaborações de valor inestimável!

    Nada como adoçar os nossos coffee breaks de forma tão especial.

    Essa história está ficando cada vez melhor! Hummmmmm....

    quinta-feira, 18 de agosto de 2011

    Palavras de Julia Barroso, uma entre tantas que não conheceram a fisioterapia

    Meus queridos e queridas,

    Este vídeo nos fala ao coração e nos alerta sobre a ignorância a respeito da escoliose.

    Tenho o enorme prazer de anunciar que a Julia que tem um blog maravilhoso : "A menina da coluna torta" - onde compartilha informações sobre a escoliose e mostra de forma sensível e competente o ponto de vista de quem vive o problema - vai participar do nosso curso : Tratando a escoliose - uma visão contemporânea.

    Ao fazer isso ela enriquecerá de forma determinante o seu conteúdo, que além de informações técnicas atualizadas e fundamentadas cientificamente, abordará o lado emotivo que envolve o tratamento de uma das mais desafiantes e desconcertantes patologias : a escoliose.

    As vagas estão esgotadas mas a pedidos, já estamos pensando em novas datas. 

    É isso aí!

    Informar para desmistificar.


    terça-feira, 9 de agosto de 2011

    Rock in Rio - O livro


    O nome Rock in Rio tem brilho próprio. Sua música tema emociona.

    Marcou a vida de tantas pessoas e, como não poderia deixar de ser, a minha também.
    Quando fecho os olhos sou transportada pela fantástica máquina do tempo, mais poderosa do que a de H.G.Wells para 1985, ano de sua 1ª edição. Assim como os perfumes, a música nos leva a viagens longínquas numa fração de segundos.
    Eu estava com 25 anos e trabalhava dando aulas de ginástica...

    Esse festival foi um marco em termos da participação de músicos e bandas internacionais no Brasil e pela repercussão, no mundo. Ou seja, em termos de rock é "antes dele e depois dele".

    Hoje, é com imensa alegria que venho falar sobre o livro: "Rock in Rio - A história do maior festival de música do mundo" da Editora Globo do meu super querido, inteligente, antenado, sensível e talentoso escritor Luiz Felipe Carneiro, que tenho o prazer de conhecer e bater altos papos.

    Vale muito a sua leitura já que... "Naturalmente, tudo viaja no tempo, pois quando acabar de ler esta frase o leitor terá viajado no tempo por alguns segundos." Imagina o que acontecerá com você ao desvendar as páginas mágicas desse passaporte para o mundo da música.

    Aguardamos para esses dias o seu lançamento. Nessa hora, já sabem onde me encontrar!

    sexta-feira, 5 de agosto de 2011

    Postura certa? Postura boa? Afinal o que é postura?


    Adoro esse quadrinho da série Peanuts, realizado pelo brilhante Charles Schulz que entreteve gerações com seus simpáticos personagens: Charlie Brown e seu beagle Snoopy.

    Será que os preceitos sobre a boa postura estão corretos?
    Gostaria de pontuar alguns itens:
    • Se nos basearmos nos estudos mais antigos, retratando pessoas completamente rígidas, anti naturais é claro que não!
    Peito estufado e as costas arqueadas desde cima servem hoje, para mostrar como não se deve fazer, ou melhor, como não se deve ficar.
    • Superficialmente cuidar da postura é sinonimo de endireitar as costas, mas na verdade cuidar da postura requer atenção sobre o corpo inteiro.
    • Aquela ideia de que parece que engolimos uma vassoura  está bastante equivocada.
    As curvas fisiológicas da coluna têm que ser preservadas a fim de distribuir o peso da cabeça e do tronco de forma harmônica.

    • A melhor postura então é aquela que no deixa capazes de nos mover com liberdade, ou seja, que nos desloquemos com menos esforço e mais graciosidade.
    • A palavra postura pode ter muitos significados... definições e abordagens.
    • Somos integrados e totalmente interligados e interdependentes do ponto de vista estrutural (ossos, músculos, ligamentos, tendões, fascias,  vasos sanguíneos e linfáticos) e emocional.
    • Muitas pessoas já se beneficiaram do fato de a exigência não ser mais aquela de antes; de aprenderem a "sentir" verdadeiramente seus corpos, de vivenciar essa maravilhosa experiência.
    • Outro aspecto da postura diz respeito a  fazer parte de um grupo. Observei em várias ocasiões jovens reunidos, sentados na lombar, todos daquele grupo assim, como uma marca, ou as mochilas lá nas pernas....
    • A postura também depende da genética.
    • Há também os equívocos da ginástica localizada : encaixar o bumbum quando sobe do agachamento, por infindáveis vezes. Se repetiu tanto que finalmente o quadril se "encaixou" em definitivo, sendo fonte de dores na região lombar e pelvica.
    • Ela é também o somatório das marcas deixadas no corpo pela atividade desportiva como por exemplo a natação, a luta, a dança e etc.  Ou à profissão, no caso dos músicos: violinistas e pianistas que ensaiam em média 8 horas por dia.

    • O conhecimento da postura é FUNDAMENTAL para a Fisioterapia!!!
    • Postura é tudo isso e muito mais!
    • O importante é saber que a boa postura é sinônimo de saúde, liberdade de movimento e bem estar.
    E você? O que acha? O que é e/ou o que representa a postura para você?

    Adoraria ter a oportunidade de construir uma ideia mais ampla através da sua participação...

    sábado, 30 de julho de 2011

    A importância de exercícios específicos para o tratamento da escoliose

    Olá!
    É com muita alegria que trago esse post contendo o resumo de um artigo para vocês.
    O melhor é que ele me foi sugerido por um amigo e colega que admiro e gosto muito: o Ercole Rubini.
    Já dediquei a ele: O sonho tornando-se realidade.
    Sabe quando falam que "o universo conspira a favor"? Pois é, ultimamente tenho conhecido pessoas fantásticas e também recebido de amigos contribuições valiosas, como nesse caso.

    Leiam e fiquem mais otimistas em relação ao que se pode conseguir através de programas eficazes de tratamento. É claro que se exige muuuuuita dedicação e muuuuuito estudo - eu não poderia mentir para vocês - mas a alegria e satisfação ao alcançar nossos resultados não podem ser dimensionadas. É quando sentimos a razão da nossa existência, é profundo e grandiosamente arrebatador. Vale a pena, com certeza!!!!!

    Esse estudo é recente, de Janeiro de 2011, e foi desenvolvido por:
    Fusco C, Zaina F, Atanasio S, Romano M, Negrini A, Negrini S.
    Fonte : ISICO

    Título: "Exercicio físico na Escoliose Idiopática do Adolescente : uma revisão sistemática atualizada".
    Resumo:

    quinta-feira, 28 de julho de 2011

    A flexibilidade e sua influência no grau de liberdade do movimento

    A flexibilidade sempre gerou muitas dúvidas e discussões.
    O que mais percebo é a limitação dos estudos e pesquisas sobre o assunto que até hoje não investigaram os alongamentos globais, os propostos por métodos como o RPG a Reeducação Postural Global, o Método Mezières, o Iso-Stretching, entre outros. Mas encontrei esse artigo muito interessante, que aborda estudos recentes, e traduzi para vocês. É uma excelente fonte de referência para os que estudam e se interessam por esse assunto tão controverso. Serve também como base para pensarmos sobre suas variáveis, tão infinitas quanto as miríades humanas.

    Faço uma pergunta: o mesmo alongamento serve para todos???

    "O debate em torno flexibilidade e amplitude de movimento parece estar centrada em alguns fatores, como tipo de alongamento (estático ou PNF / alongamento neuromuscular)

    quinta-feira, 21 de julho de 2011

    Entrevista sobre escoliose

    Hoje venho te convidar para ler a entrevista que concedi para Julia Barroso.

    Aproveite para conhecer o seu Blog "A menina da coluna torta" que é maravilhoso, para lá de especial.

    Através de seu relato nos damos conta do quanto é importante compartilhar histórias pessoais de superação e vitória.

    Tenho certeza que neste exato momento há muitas pessoas sofrendo em silêncio, fechadas sobre si mesmas, pensando que seu problema é único, quando na verdade há muitas outras enfrentando seus próprios desafios com determinação e mais, expondo-os com coragem. Esses relatos fazem brotar mais do que esperança, são reveladoras de uma força latente até então despercebida.

    Estou falando sobre a escoliose, que apesar de atingir um grande numero de pessoas, continua ignorada por muitos, além de pouco assistida uma vez que não é contagiosa e a princípio não mata. 

    Precisamos trabalhar em prol de seu esclarecimento.

    Convido-o de coração a ler e divulgar.

    Um abraço muito carinhoso para os que são acometidos por ela, para os que trabalham com ela e para os que se comovem...



    sábado, 16 de julho de 2011

    A essência do esporte...

    Acabei de assistir a cerimonia de encerramento da 14ª edição da GYMNAESTRADA 2011, maior evento de ginástica do mundo com a participação de mais de 20.000 pessoas, num total de  de 55 federações,  em Lausanne na Suíça.   Um evento de grande sucesso em todos os níveis : desportivo, emocional e em termos de organização. 

    Participaram pessoas de diferentes idades, vi muitas mulheres acima da faixa dos 50 anos e o locutor informou que várias delas participaram da 1ª edição ocorrida há 56 anos atrás!

    Numa das entrevistas o que se ouviu de uma ginasta foi: 
    "Dar tudo de si, estar 200% pronto quando chega o dia após meses ou anos de treinamento e dedicação, estar tenso e nervoso antes do show, ter espírito de equipe. Todas essas qualidades são necessárias para a competição de alto nível. Porém algo está faltando em um evento como Gymnaestrada: Não há resultados! No entanto, isso mudaria alguma coisa? Nada e tudo ao mesmo tempo; os ginastas vieram porque amam o esporte e vão dar tudo de si."

    Incrível foi saber que a participação é voluntária; além de não se ganhar prêmio,  se paga a passagem do próprio bolso.
    Isso nos certifica que essas pessoas, esses atletas realmente amam o que fazem.

    Uma das coisas que constatei foi que o exercício, se bem manejado, é saudável. A maciça presença de pessoas com mais idade apresentando movimentos livres, ágeis e felizes é prova disso.

    Creio que esse deva ser o espírito da Educação Física: pensar no exercício não apenas pela busca da melhor marca mas principalmente para a implementação da saúde, bem estar e da melhora da qualidade de vida.
    É a Educação Física no sentido da palavra!

    Imaginem essa realidade aqui no Brasil. Quantas pessoas idosas estariam longe da depressão....

    Parabéns  GYMNAESTRADA e sua belíssima lição "Ginástica é para todos"!!!!!

    Bravo!!!!