terça-feira, 5 de julho de 2011

Por dentro do Core

Certos assuntos exigem bastante atenção, um deles é o Core

O Core Training  é indispensável para a manutenção da saúde e estabilidade da região lombo-pélvica. Sua complexidade nos leva a explorá-lo para que sejamos capazes de montar um programa de exercícios  realmente eficaz.


Fazendo um jogo de palavras com seu nome - no idioma Inglês, Core significa o núcleo, o centro, a semente de uma fruta, o cerne da questão, o que realmente importa - temos que viajar ao centro do corpo para entendê-lo melhor.

Esse estudo de Richardson et al revela a importante relação entre o músculo transverso abdominal, a mecânica da articulação sacro-ilíaca e a dor lombar.


Devido a incapacidade causada pela dor lombar ser muito frequente - lembremos dos dados da OMS, onde 80% da população mundial sofrerá ao longo da vida algum episódio de dor lombar - e sua íntima relação com o comprometimento do Core,  traduzi de forma resumida esse estudo de grande relevância para nós.

Título: A relação entre entre o músculo transverso abdominal, a mecânica da articulação sacro-ilíaca e dor lombar.

Foi proposto  que a contração da musculatura abdominal (como o transverso abdominal) é necessária para aumentar a estabilidade da articulação sacroilíaca (ASI). Dois métodos foram defendidos para melhorar a estabilidade lombo-pélvica durante os exercícios de reabilitação.A manobra "drawing-in" enfatiza a contração isolada do transverso abdominal, enquanto a manobra "bracing" envolve a contração isométrica de todos os músculos abdominais. O objetivo deste estudo foi determinar o efeito da contração isolada do transverso abdominal sobre a estabilidade  da ASI.
Conclusão: 

- A manobra "drawing-in" produziu contração do transverso abdominal.
- A manobra "bracing" produziu contração de toda musculatura abdominal, inclusive o transverso abdominal.
- Tanto a manobra "drawing-in" quanto a "bracing" aumentaram significativamente a estabilidade ASI.
- A manobra "drawing-in"produziu estabilidade significativamente maior do que a manobra "bracing".

 


. Se houver interesse:


Referência completa: Richardson CA, Snijders CJ, Hides JA, et al. The relation between the transversus abdominis muscles, sacroiliac joint mechanics, and low back pain. Spine Feb 15 2002;27(4):399-405.

No curso Core Training aplicado a Fisioterapia ensino essas manobras, discuto esse e outros estudos e aplico a programas de tratamento, além de proporcionar ampla execução de exercícios.

Como foi dito a dor lombar e da articulação sacro-ilíaca podem surgir por diversas causas biomecânicas então, nunca é demais aumentarmos nosso leque de conhecimento, não é?

Toda vez que encontrar artigos interessantes compartilharei com vocês.

Até breve! 

2 comentários:

Fisioterapeuta disse...

Professora,

Tenho uma dor lombar que foi adquirida em um dos estágios durante a faculdade e nunca mais me deixou. Sinto-a constantemente, dia e noite a mais de 5 anos. Contratei uma personal training mas ela não acreditava que eu não conseguia fazer esteira tamanha minha dor e antes dos alongamentos finais ela me passava esse exercício do core, não dei muita fé mas ao ler o seu blog, pratico todos os dias, mas tb evito alguns aparelhos de academia e me sinto bem melhor. Espero um dia, poder passar 24hs sem dor. Grata, beijo.

Patricia Italo Mentges disse...

Oi querida, a dor lombar é muito incapacitante não é?
É fundamental que a profissional que está acompanhando voce seja cuidadosa.
Como voce viu postei varioas vezes sobre o Core e o segredo é saber se o transverso realmente está conseguindo se contrair.
Te desejo melhoras e que realmente um dia voce possa estar sem dor.
Preste atenção ao que voce sente e realmente evite exercícios e aparelhos que te causem mal estar.
Voce já se tratou com Fisioterapia?
Na torcida!!!
Bjs