sexta-feira, 17 de julho de 2015

Apoio Internacional ao 3º Encontro de Escoliose - Projeto Escoliose Brasil

Vejam como foi especial o nosso 3º Encontro Anual de Escoliose do Rio de Janeiro.

Além de quase 100 pessoas presentes estiveram conosco sob forma de videos feitos com muito carinho e atenção ao nosso Projeto Escoliose , profissionais competentes e dedicados ao tratamento não cirúrgico da escoliose.

Imperdível!!!

E que venham os próximos!!!

No link abaixo você assistirá aos videos

http://www.projetoescoliose.org/apoio-internacional-ao-3o-encontro-de-escoliose/


quarta-feira, 3 de junho de 2015


No mês de Junho - o mês da conscientização da Escoliose - entre outras atividades estaremos ministrando o curso :

Escoliose, Avaliação e aspectos essenciais

Após a realização do curso Escoliose, Avaliação e aspectos essenciais - o fisioterapeuta estará apto a:

1 - diferenciar a escoliose postural ou funcional da escoliose estrutural

2 - saber a fundamentação dos princípios norteadores do gerenciamento baseado em evidência científica da escoliose

3 - quantificar a avaliação clínica e seu significado

4 - entender o porquê da tomada de decisões no tratamento clínico da escoliose

5 - conhecer os aspectos essenciais desta patologia que afeta a um número tão importante de brasileiros

6 - entender a necessidade premente da prática baseada em evidências no tratamento da escoliose

7 - identificar os fatores que evidenciam o potencial de agravamento da escoliose

8- saber os limites para sua ação e atuação terapêutica

9 - realizar uma avaliação ampla e específica que o possibilitará a acompanhar seu paciente de forma segura e atenta

10 - saber o porquê dos maus resultados de grande número de casos de escoliose e da sua banalização que resulta em alto número de cirurgias

Nos dias 12, 13 e 14 de Junho discutiremos sobre esta patologia tão complexa e que exige dos que lidam com ela educação continuada, constante reciclagem e muita dedicação.

Maiores informações e  inscrições (últimos dias) no link abaixo:

http://www.projetoescoliose.org/curso-escoliose-junho-2015/

Junho - Mês Internacional da Conscientização da Escoliose

Voltando a postar depois de dois anos. Por uma causa justíssima!!!!!

VAMOS  AGIR PARA A CONSCIENTIZAÇÃO DA ESCOLIOSE!


Junho é o mês da Conscientização da Escoliose pelo Mundo.

Podemos perceber a importância disto quando no Canadá o prefeito de Ottawa Jim Watson proclamou o dia 1º de Junho, “o dia da Consciência da Escoliose”.

 Nos Estados Unidos:

O governador Charlie Beker do estado de Massachussets proclamou o mês de Junho como o Mês da Conscientização da Escoliose, segundo Joe O’Brien Precident/CEO da National Scoliosis Foundation.

O SOSORT (Society on Scoliosis Orthopaedic and Rehabilitation Treatment) - Europa – do qual o Projeto Escoliose é membro e o SRS (Scoliosis Research Society) USA lançaram na sua página do Face e no website:

Junho é o mês Nacional de Conscientização da Escoliose e que o dia 27 de Junho é o dia de sua  Conscientização.
O SRS incluirá neste mês na página principal o símbolo que representa esta iniciativa e campanha.
No  Brasil:

Nós do Projeto Escoliose Brasil, além de inúmeras atividades ao longo de 4 anos, ajudamos a elaborar dois Projetos de Lei:

No dia 16 de dezembro de 2014, foram apresentados na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), pelo Deputado Alexandre Correa - PR,  dois Projetos de Lei que abordam o tratamento da escoliose. Aprovados em plenário pelo Parlamento Estadual, o PL 2165/2013 “dispõe sobre a semana estadual de detecção precoce e tratamento da escoliose nas escolas da rede pública de ensino no âmbito do Estado do Rio de Janeiro”.

Já o PL 2198/2013 trata da detecção precoce de escoliose nos alunos das escolas da rede pública estadual de ensino.  

Infelizmente as leis não foram sancionadas pelo Governador do Estado deixando assim escapar uma grande oportunidade de levarmos o movimento da conscientização da escoliose a nossas escolas.

Neste ano de 2015 o Projeto Escoliose Brasil estará realizando no dia 27 de Junho o 3º Encontro Anual de Escoliose do Rio de Janeiro que contará com a participação de pacientes  com escolioses, seus pais e cuidadores. Também contaremos com uma palestra motivacional de Livia Trivizol, fisioterapeuta e ciclista de alta perfomance e com a presença do Dr. José Miguel Gomez, médico ortesista,  profissional dedicado à causa do tratamento conservador e criador do colete 3D CAD-CAM GOSS SYSTEMS.
Este evento será realizado no Auditório do Barra Life Medical Center  onde sua administração apoia este evento desde o primeiro ano na pessoa de seu Diretor de Marketing Vicente Maués.


Nós do Projeto Escoliose Brasil acreditamos ser fundamental a conscientização sobre esta patologia ainda tão desconhecida e que atinge muitos brasileiros.

É de muita importância falarmos sobre, alertarmos sobre a patologia.

E você o que pretende fazer pela conscientização da escoliose?

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Natal, Festas.... COMPAIXÃO sempre!


Bem próximo ao Natal, apenas o essencial, apenas o coração...

Mas não só para hoje, para todos os dias. Nosso exercício de vida!!!!

"Se pensarmos sobre a compaixão, o que é compaixão? Não é apenas uma idéia. Compaixão é quando vemos o sofrimento do outro, é ser capaz de nos colocar na posição do outro e experiência que o sofrimento a nós mesmos. Temos que assumir a responsabilidade. Isso é o que precisamos fazer, e precisamos começar por nós mesmos, não podemos esperar por alguém para fazer isso por nós."
Sua Santidade o Karmapa Gyalwang Ogyen Trinley Dorje

sábado, 7 de dezembro de 2013

O melhor fisioterapeuta!


Olá!
Estou muito feliz por também ter achado esse texto no perfil do meu colega Adriano Pezolato.
Fantástico! Vale a pena refletir!
Para nós fisioterapeutas uma injeção de ânimo, um sopro de esperança...
Leiam com carinho:
 
"Achei belíssimo este texto de um fisioterapeuta norte-americano postado na página da AAOMPT (American Academy of Orthopaedic Manual Physical Therapists) que ele intitulou: BECOMING A SELF-SUSTAINING PHYSICAL THERAPIST: FROM SPOON-FED TO HUNTER-GATHERED traduzindo  Tornando um Fisioterapeuta Auto-Sustentado: do Alimento pela Colher ao Caçador.       
Ele conta que um dos seus professores, ele ainda um aluno de graduação em Fisioterapia, disse certa vez para a sua sala que a escola/curso somente os treinava para serem MINIMAMENTE COMPETENTES. E continua a sua história, falando que após aquela declaração que provocou inicialmente algumas risadas, ele via em seus colegas, expressões de surpresa, de espanto e em alguns até uma certa raiva. Ele estava no penúltimo ano que antecedia o início do seu estágio clínico. Honestamente, naquele momento ele não estava certo do que pensar da afirmação que havia ouvido. Após descontraírem com o que foi dito, uma vez que ninguém esperava aquilo, a resposta seguinte, segundo ele, foi um sensação de insulto (em alguns mais, que nos outros). - Como ele se atreve a isso? Se referindo ao professor. Nós já estávamos prestes a nos tornarmos Fisioterapeutas. Para o autor do texto, o termo MINIMAMENTE COMPETENTE era vergonhoso e era como ser chamado de CRIANÇA.Embora aquela colocação ainda o provocava, após finalizar a graduação, ele decidiu fazer uma especialização clínica (chamado nos USA de fellow /residência clínica). Ele, logo percebeu que alguns dos programas (é assim que eles são chamados) eram realmente muito competitivos, somente aceitando 2 residentes a cada ano. Então ele se questionava. Dois residentes? De centenas que se inscrevem, somente 2 terão esta oportunidade? Isto o deixou em pânico, ele sabia o que ele queria fazer após a graduação, mas se viu de frente a um sentimento que não experimentava deste a graduação. Como ele seria avaliado se comparado a estes que ingressavam na residência? Foi neste momento que começou a perceber que a afirmação do seu professor estava correta, que realmente ele havia sido treinado para ser MINIMAMENTE COMPETENTE como um fisioterapeuta. Ele tinha, naquele momento o mesmo conteúdo (conhecimento) que os seus outros colegas possuíam. A sua participação, até então era muito passiva, algo semelhante a ser alimentado pela colher por horas pelos seus professores. 
VHRRROOOM! Olha o aviãozinho !!!!!!!. 
Neste período, pode se dizer que são raros, o que adquirem a habilidade de se alimentar pelas suas próprias mãos, isto é, de se alimentar sozinho. O que me faz diferente dos meus colegas levando em conta somente a minha graduação? Quase nada. Mais este nada para ele era a sua inspiração, a sua motivação....E pensava - Eu não quero tornar-me somente um Fisioterapeuta, EU QUERO ME TORNAR UM GRANDE FISIOTERAPEUTA. Ele percebeu que o tempo havia chegado, que o momento era aquele para fazer o que cada professor queria que seus estudantes fizessem: SEGURE A COLHER E COMECE A SE ALIMENTAR SOZINHO. Mais que isto, eu já sentia que não tinha mais idade para isto, e que eu deveria preparar minhas próprias refeições e buscar pelas próprias oportunidades de aprendizado.
Esta transição tem o ajudado a focar ainda mais no desejo de tornar-se um grande profissional e tornar-se o melhor clínico que ele puder além dos muros da graduação. Segundo ele, o mais importante é saber que ele ficará mais informado que um fisioterapeuta minimamente competente, tornando-o mais equipado para servir os seus futuros pacientes.Para ele a jornada continua, imaginando-se um fisioterapeuta semelhante a um hunter-gathered, caçador que sai em busca do seu próprio alimento para prover a sua sobrevivência.
E ele finaliza explicando o motivo pela qual o levou a escrever o texto, seu intuito, compartilhar o seu desejo pelo aprendizado e encorajar a todos para iniciar a sua própria jornada, e tornar um hunter-gathered no reino da Fisioterapia. Achei impressionante a analogia e a reflexão!!!!! 

UM CONVITE MARAVILHOSO PARA DEIXARMOS A NOSSA ZONA DE CONFORTO OU O NOSSO PORTO SEGURO PARA A BUSCA DE NOVAS DESCOBERTAS.  

Todos os créditos endereçados a Kenneth Taylor,PT, autor do texto"
Por Adriano Pezolato

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Sinal de Tredelemburg - Reinterpretando...


Olá, 

Sempre reflito sobre a necessidade de aprender e se renovar, pensar sobre o que já sabemos , como fazemos e como faremos.... Isto é metacognição.

Assim, segue um texto interessantíssimo que compartilhei do perfil do Facebook de Adriano Pezolato.

Novo GUIDELINE a caminho: NON-ARTHRITIC HIP JOINT PAIN
Esse é o 10° guideline da Seção de Ortopedia da American Physical Therapy Association (APTA), todos publicados na JOSPT.
Profissionais renomados como: Keelan ENSEKI, Michael CIBULKA, Timothy FAGERSON...

Após analisar os testes recomendados pelo guideline para esta população, devo dizer, que preciso rever a maneira de aplicar o Sinal de Trendelenburg. Achei interessante a forma de interpretação do teste que difere daquela usada por mim. O objetivo do teste é conhecido por todos, avaliar a habilidade dos abdutores do quadril para estabilizar a pelve durante o apoio unipodal.

Forma de execução: Paciente em pé assume a posição de apoio unipodal, mantendo quadril oposto em flexão de 30° sustentando a posição por 30 seg. Uma vez equilibrado, paciente é solicitado a elevar a pelve do lado não apoiado tão alta quanto possível. Examinador se posiciona atrás do paciente e observa o ângulo formado pela linha que conecta a crista ilíaca e uma linha vertical ao chão.

Interpretação:
O teste é considerado negativo se a pelve do lado não apoiado pode ser elevada e mantida por 30 seg.
O teste é considerado positivo se um dos seguintes critérios estiverem presentes:
1) Paciente é incapaz de sustentar a pelve elevada por 30 seg.
2) Nenhuma elevação é notada no lado não apoiado.
3) O quadril do lado apoio aduz permitindo que a pelve do lado não apoiado caia abaixo do nível da pelve do lado do apoio.

Um falso positivo pode ocorrer se o paciente inclina lateralmente seu tronco para o lado do apoio. O paciente pode manter o indicador ipsilateral ao apoio em contato com a parte superior do encosto de uma cadeira para manter o equilíbrio e reduzir o desvio lateral do tronco.

E VOCÊ, JÁ EXECUTAVA E INTERPRETAVA DESTA MANEIRA?


Referências:
Hardcastle P, Nade S. The significance of the Trendelenburg test. J Bone Joint Surg Br. 1985;67:741-746.
Youdas JW, Mraz ST, Norstad BJ, Schinke JJ, Hollman JH. Determining meaningful changes in pelvic-on-femoral position during the Trendelenburg test. J Sport Rehabil. 2007;16:326-335.

domingo, 1 de dezembro de 2013

O sabor da harmonia

Hoje tive a felicidade de estar presente no lançamento e noite de autógrafos de Laura Pires.

Ela é incrível, um exemplo de superação, atitude, transformação, de vida plena!

Vale a pena ler seu livro " O sabor da harmonia - Receitas Ayurvédicas para o bem-estar"

Nele você vai encontrar sabedoria, saúde, equilíbrio e qualidade de vida, afinal são 5.000 anos de tradição e profundo conhecimento.

Uma brasileira que nos traz para perto a possibilidade de cuidarmos melhor da nossa saúde.

Há anos atrás, diagnosticada com esclerose múltipla, com a saúde muito debilitada, e sem solução compatível com uma qualidade de vida sequer razoável, ela decidiu buscar respostas na Índia em uma medicina milenar.

Eu a conheci na fase de sua doença e hoje tenho o prazer de conviver com uma pessoa cheia de energia e que com muita generosidade compartilha conosco o seu tesouro do bem viver.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Novo teste clinico para ruptura do LCA!






Olá!
Fiquei um tempo sem postar devido aos muitos compromissos com o Projeto Escoliose.

Não poderia ficar sem compartilhar com vocês esse vídeo esclarecedor sobre um novo teste clínico para ruptura de ligamento Cruzado Anterior - LCA - The Lelli's Test. Criado pelo cirurgião italiano de mesmo nome.

Vale a pena!!!!

quarta-feira, 19 de junho de 2013

3 dias para o 1º Encontro de portadores de Escoliose no Rio de Janeiro


Faltam apenas 3 dias!!!
Com certeza, assim como nós, vocês devem estar ansiosos para nos encontrarmos.
Para que aproveitemos melhor o nosso tempo juntos gostaríamos de que todo mundo fizesse o esforço em chegar no horário. 
Recebemos uma ajuda que servirá de incentivo a todos vocês: os 30 primeiros portadores de escoliose que chegarem ao evento ganharão uma bela caneta que foi gentilmente cedida pela Serra & Mar Comércio de Rações.
Além disso teremos brindes e sorteios de dar água na boca como uma deliciosa caixa da Formiguinha Chique brigadeiros e outros...
Pessoalmente é muito melhor!!!!
Vamos nos abraçar e abraçar essa causa tão importante!