quinta-feira, 8 de julho de 2010

O quadril e a lesão de joelho II

Como os exercícios de quadril (pelve) reduzem a dor no joelho.

Evidências científicas mostram que um regime de exercícios para o fortalecimento do quadril ou Core, realizados duas vezes por semana, provou ser efetivo na redução ou mesmo eliminação de um tipo de dor no joelho conhecida como dor patelo-femural (síndrome de dor patelo-femural SDPF) , condropatia ou condromalacia em mulheres que adotam a corrida como atividade física e/ou esporte.

Volto mais uma vez a um dos meus assuntos preferidos: o Core.

Cada vez encontro mais estudos e pesquisas que demonstram que o Core forte e corretamente estabilizado é fundamental para a saúde das demais articulações do corpo.

De acordo com o Science Daily publicação científica norte-americana:
"Dor patelo-femural ou SDPF, uma das lesões mais comuns na corrida, é causada quando o femur(osso da coxa) atrita contra a parte de trás da patela (osso situado na frente do joelho). Corredores com SDPF geralmente não sentem dor quando começam a correr, mas uma vez que começa ela torna-se cada vez pior, a dor aumenta repentinamente.
A SDPF desgasta a cartilagem e pode ter os mesmos sintomas da osteoartrite."

Não é raro que exercícios mal executados acabem por lesionar os joelhos, principalmente se você corre. A dor patelo-femural acontece quando a patela é comprimida contra o fêmur durante a execução errônea dos exercícios, ou quando nos levantamos após passarmos algum tempo na posição sentada.

De acordo com o estudo piloto, esse tipo de dor pode ser reduzida ou mesmo eliminada simplesmente por fortalecer o quadril.

Acrescento que se trata mais do que fortalecer, a questão aqui é harmonizar, de saber através de uma avaliação minuciosa quais músculos estão hiper ativos e quais estão hipo ativos.

Além disso seu corpo seu corpo tem uma habilidade inata para reequilibrar-se quando algo está fora de alinhamento, o que dá base à teoria desse estudo.

A chave é determinar que área ou grupo de músculos precisam ser fortalecidos, que músculos precisam ser alongados ou mesmo terem a sua tensão diminuída, para corrigir o desequilíbrio.

Nesse caso a teoria de que fortalecendo seu quadril ou Core para melhorar sua marcha - caminhar, andar - que por sua vez contribui para corrigir o erro que leva ao aparecimento da SDPF, faz sentido. O Core mais forte e harmonizado ajudará a reduzir a gravidade do ângulo Q no seu alinhamento da perna.

O ângulo Q é maior nas mulheres e suas implicações são mais graves nelas, porque a distância entre os ossos do fêmur na altura do quadril é maior do que nos homens(uma das razões é que essa região acolhe o bebê na gravidez. Isso acaba colocando mais pressão sobre as articulações dos joelhos femininos.

O ângulo Q

O mais indicado é que mulheres que gostam de correr, e tenham adotado esse exercício para sua vida, façam uma avaliação criteriosa por fisioterapeuta habilitado para tal, e a partir daí executem uma série de exercícios que levarão ao equilíbrio, portanto à prevenção desse problema tão comum às corredoras.

Se já tiver apresentado o problema ele poderá ser sanado, desde que seja visto precocemente, pois o desgaste da cartilagem ainda não apresenta solução ou tratamento propriamente eficaz, principalmente para você que gosta de se exercitar, ou corre profissionalmente.

É melhor prevenir do que remediar.      

2 comentários:

DRI disse...

Patrícia impressionante como a gravidez pode piorar essa dor...tenho uma aluna que sentia leves dores no joelho e praticava corrida, agora que acabou de ter bebê a dor piorou muito...

Patricia Italo Mentges disse...

OI Dri, A relação quadril e joelho é íntima. um influencia no outro de forma determinante.
O que você observou pode ocorrer sim. A alteração da pelve devido a gravidez, interferiu nos joelhos.
Creio que com a adaptação e um bom trabalho de estabilização irão surtir bom efeito.
Bjs